Chapa 1Nessa terça-feira acontecerá as eleições do Sinsepol. Na disputa se apresentaram cinco chapas; dentre elas a Chapa 1 que tem como Presidente o policial civil Anselmo Duarte.

Apesar de não fazer parte mais da Instituição, talvez possa contribuir com a escolha de muitos amigos policiais. Isso porque, fui candidato a Presidente nas duas últimas eleições, sempre sendo a chapa mais votada da oposição. Sempre com o crédito de centenas de amigos policiais que tinham a esperança que um dia a mudança chegaria.

Hoje acredito que a Chapa 1 representa essa mudança. Falo isso não só porque tenho imenso carinho pelo policial Anselmo, mas acima de tudo por acreditar que ele seja a pessoa que representa uma mudança verdadeira e sincera.

Sempre acredito que as ações valem mais do que palavras; que a história de uma pessoa vale mais que um discurso; que em política sindical o ideal de luta deve ser da alma. E isso o Policial Anselmo possui. Sua história de luta sindical é brilhante, são inúmeras as ações que realizou perante o Sindicato dos Escrivães e perante a polícia como um todo.

Mas não só seu histórico de luta sindical são evidentes, mas sua história pessoal é fenomenal. Anselmo possui uma carreira de 30 anos de Polícia Civil com exemplar dedicação, é de fato um policial por amor e exerce a profissão que simboliza o verdadeiro policial de vocação.

Mas não só sua história de vida são exemplos, mas também o ideal de amor pela dignidade da função policial. Esse forte ideal que é latente em suas ações, que já pude testemunhar quando nessas duas últimas eleições presenciei ao meu lado sua luta contra a inércia, contra a falta de atitude, contra o marasmo e o conformismo.

Hoje fora dessa gloriosa função vejo com tristeza uma Polícia Civil que padece de um representante com garra e sabedoria para transformar. Vejo nossa Instituição ser ultrapassada por muitas em investimentos. Vejo outras categorias conquistando melhores vencimentos e adicionais, porém a valorosa Polícia Civil ficando para trás.

Não cabe aqui falar mal de nenhuma outra chapa, pois tenho em todas amigos que respeito por demais; mas falo da que tenho a mais sincera crença que a Chapa 1 altivará a dignidade da Polícia Civil. Falo de um homem que tenho certeza que levará a Polícia a lutas de consequentes vitórias.

Digo isso, porque quando policial já conquistei com o Anselmo vitórias históricas, que apenas duas vozes mudaram o curso da Polícia Civil. Por isso, minha convicção que seu caráter e personalidade são de um líder sindical.

Assim, fica o pedido que a esperança vença o medo, que competência vença o conformismo, que o ideal de luta vença a inércia, para que verdadeiramente a Polícia Civil vença!