Juiz revoga prisão do Policial Militar preso por motivo da greveNão é raro irmos nas Delegacias e nos depararmos com pessoas que cumprem pena, realizando a limpeza das Delegacias e órgãos oficiais. O que observamos é essas pessoas terem todo o acesso a locais restritos na Delegacia, como depósitos e locais de guarda de armas.

Nada contra as pessoas, que merecem a oportunidade perante a sociedade de ressocializarem-se. Acontece que o órgão policial não é propício a isso. E mais tal fato oferece inquestionável insegurança aos policiais civis, que jamais irão trabalhar despreocupados diante do perigo de uma pessoa condenada ter acesso a Delegacia.

O fato é que a Secretaria em vez de contratar pessoas para o Grupo de Apoio, como auxiliares de limpeza, auxiliares de serviços gerais e agentes administrativos, prefere que  pessoas que estejam cumprindo pena façam os serviços gerais nos órgãos de polícia. Verdadeiro absurdo.

Nossa Proposta

Se eleitos formos iremos coibir tal atitude por parte da Secretaria, exigindo que se contrate servidores do grupo de Apoio ou funcionários de empresa terceirizada, que tenham o compromisso de contratar pessoas de isenção e com antecedentes criminais negativo.

Meus amigos, lutaremos fortemente para que nossos policiais civis não tenham que pagar para que os seus ambientes de trabalho sejam limpos. Lutaremos por dignidade de condições de trabalho.

Não vamos esperar a acontecer, faremos acontecer! Portanto no dia 14 de março, vote certo, Vote 4! Chapa “Atitude e Competência! Por um Sinsepol de Conhecimento e Conquistas!