pcHá muito que defendemos aqui no site os direitos daqueles que são do Grupo de Apoio da Polícia Civil. São agentes de portaria, auxiliares administrativos, motoristas e outros.

A maioria desses servidores trabalharam e trabalham na função policial civil, exercendo suas atividades desde as primórdios da Polícia Civil no Estado. No entanto, esse Grupo não tem sido valorizado no âmbito da classe. As discussões do Plano de Carreira ou benefícios para classe passa longe desse grupo, mesmo se sabendo da extrema necessidade, haja vista a parca remuneração que ultrapassam pouco mais de um salário mínimo.

Sempre defendemos a valorização desses servidores, que tiveram suas funções desviadas todo esse tempo. Não chegamos defender a transformação do cargo, que sabemos que haveria protestável inconstitucionalidade; mas defendemos uma política salarial de valorização, levando a esses servidores dignidade.

E um ponto de inquestionável injustiça é o fato destes servidores não receberem atualmente o auxílio alimentação, valor que seria de extrema importância aos seus vencimentos.

Nossa Proposta

Uma das nossas primeiras ações se eleitos formos será o requerimento realizado pelo Sinsepol para a Sead, em nome de todos do Grupo de Apoio, que também são filiados. Marcaremos também uma audiência com o Secretário de Administração para pleitear o direito arguido. Caso haja negativa por parte do Secretário entraremos com imediata ação judicial, pedindo a implantação do benefício, além da busca dos retroativos não pagos.

Vamos ainda defender que todos os reajustes da Polícia Civil sejam aplicados também ao Grupo de Apoio.

Meus amigos precisamos valorizar todos aqueles que constroem junto conosco o fortalecimento da nossa Instituição.

Avante!