pcFoi regulamentado a Divisão de Flagrantes em Porto Velho. A conhecida Central de Polícia, agora será Divisão de Flagrantes (DIFLAG). A partir de agora haverá nessa divisão cinco Delegacias.

Vejo aqui a necessidade dessa instalação nas regionais do Estado, a fim de retirar o peso do sobreaviso e hora extra (que não são pagos) dos policiais civis. A instalação no interior do Estado porém passa pela contratação de novos servidores haja vista a nossa escassez de policiais civis. Porém, é de supra importância essa instalação no interior. E isso é uma luta que o Sindicato deve travar, devemos exigir respeito e dignidade aos servidores do interior do Estado. E com certeza será uma das nossas bandeiras de luta se eleitos formos.

Vejam o Decreto:

DECRETO N. 17.493, DE 22 DE JANEIRO DE 2013.

Cria, no âmbito da Polícia Civil do Estado de Rondônia, a Divisão de Flagrantes – DIFLAG, sediada no Município de Porto Velho.
O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 65, inciso V, da Constituição Estadual,
D E C R E T A:
Art. 1º. Fica criada, no âmbito da Polícia Civil do Estado de Rondônia, a Divisão de Flagrantes – DIFLAG, com sede no Município de Porto Velho, diretamente subordinada ao Departamento de Polícia Metropolitana.
Art. 2º. A circunscrição de atribuições da Divisão de Flagrantes será regulada em Portaria da Polícia Civil.
Art. 3º. A Divisão de Flagrantes possui a seguinte estrutura organizacional:
I – Central de Inquéritos; e
II – Delegacias de Plantão:
a) 1ª Delegacia de Polícia de Plantão;
b) 2ª Delegacia de Polícia de Plantão;
c) 3ª Delegacia de Polícia de Plantão;
d) 4ª Delegacia de Polícia de Plantão; e
e) 5ª Delegacia de Polícia de Plantão.
Art. 2º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio do Governo do  Estado de Rondônia, em 22 de janeiro de 2013, 125° da República.