pistola hullO Comando do Exército autorizou policiais civis, militares, rodoviários e bombeiros a comprar pistolas .45 para uso pessoal. A compra e porte desse tipo de arma, de forte impacto, era restrita até então a policiais federais. O Exército diz que liberou o uso das armas a pedido de órgãos estaduais de segurança pública, mas não informou quais seriam essas instituições.

 Lígia Rechenberg, coordenadora da ONG Sou da Paz, classificou de absurda a decisão. Em geral, policiais civis e militares portam revólveres 38 ou pistolas .40:

 – Vão dar armas para policiais que eles não sabem manusear. Isso vai colocar em risco a segurança do policial e da população. Essa é uma demanda da indústria de armas.

 A presidente Dilma Rousseff fez ontem um balanço da campanha do desarmamento, que há oito anos recolhe armas da população em troca de indenização em dinheiro. No ano passado foram entregues 27.329 armas. São Paulo foi o estado que mais entregou armas, com 7.877 devoluções. Proporcionalmente à população, a Bahia liderou as devoluções, com 4.748 armas entregues, 106% a mais do que em 2011. O Rio de Janeiro ficou em quarto lugar em volume de armas rendidas (2.253), redução de 43,4% em relação a 2011.

Fonte: Estado de S. Paulo