Repúdio

Hoje a caminho do Instituto de Identificação fui surpreendido com duas fachas apregoadas no portão do IML com dizeres apontados a minha pessoa: “Pelo bem da Greve e da categoria fora Renan e cia”. Ato vil e baixo, que demonstra o grau de vilania que pode chegar as pessoas.

A promoção gratuita de difamações e injúrias a minha pessoa já é de costume por parte de alguns dirigentes dessa entidade, e já foi reportado inúmeras vezes nesse blog, mesmo com a manutenção do respeito por minha parte. No entanto, tal ato chegou a grau extremamente abusivo, expondo minha imagem a toda a categoria.

Vejo com isso que a greve também descambou para o lado pessoal, tudo motivado pelas eleições sindicais que se aproximam. Não contente com difamações pelos bastidores, agora o fazem de forma gritante e constrangedora, e pior utilizando-se da greve da nossa classe.

fora renan4Tal ato, porém, apenas mostra o desespero e despreparo de quem deveria representar a vontade da categoria e não a particular. Mostra o objetivo politiqueiro que vem somente a desunir e desfocar o movimento paredista.

Sempre evitei o enfrentamento com o Sindicato, a fim de preservar os interesses da classe, ainda que isso me prejudicasse, mas sempre busquei pensar coletivamente.

“Bode expiatório” e Carteiras de Identidade

Como os colegas sabem estou esse mês substituindo o Diretor do Instituto de Identificação, enquanto goza suas férias, pois foi um  pedido sobretudo de um amigo. Aceitei o desafio, ainda que curto, pois sempre vejo a aquisição de parcela do poder com o único objetivo de ajudar e realizar justiça para a população.

fora renan5Mesmo com o cargo de Direção fui talvez o único dos Diretores a ir nos movimentos grevistas, tais como reuniões na Assembléia Legislativa, passeatas e mobilizações. Provando meu total apoio ao movimento grevista, como sempre o fiz, já que foi uma decisão da maioria.

Ainda na Assembléia passada o Presidente do Sinsepol acusou-me publicamente de estar “furando a greve” haja vista que estaria sendo entregues carteiras de identidades. Segunda a informação haveria sido entregues aproximadamente no último mês 900 carteiras.

Acontece que o mesmo “esqueceu” de dizer que são entregues de 9.000 a 10.000 carteiras por mês; ou seja no último mês foram entregues apenas 10%!

E mesmo assim, os relatos dos policiais civis desse setor é que estão realizando os mandamentos do Comando de Greve e do Sinsepol.

E observem que somente hoje começou a “radicalização” do movimento, não podendo até então acusar que os policiais do Shopping Cidadão estão “furando” a greve, pois até então se respeitava o disposto na própria resolução dos 30% .

Tal fato como se observa mais uma vez teve o objetivo tão somente de denegrir a minha imagem.

Ora, como Diretor Interino jamais procurei vetar o direito de greve dos companheiros, pelo contrário participei ativamente do movimento.

Providências

Diante dos atos aviltantes a minha pessoa dessa vez não poderei ficar passivo, adotarei as medidas criminais e cíveis contra os responsáveis.

Desde então também me recuso a participar de tal movimento, pois o vejo maculado de uma verdadeira campanha de difamações a minha pessoa pelos dirigentes. E esclareço me afasto não pelo movimento em si, que acho legítimo e necessário, mas sim pelas pessoas que dirigem tal movimento.

Eleições do Sinsepol

O motivo determinante da atitude desesperadora de alguns dirigentes do Sindicato em lançar injúrias a minha pessoa é as eleições que se avizinham.

Ainda assim, hoje digo que minha candidatura não está certa, isso porque não tive sequer o tempo de respirar bem do último pleito para vereador, que impôs-me uma decorrência de conflitos e problemas que ainda estou a resolver.

Preciso refletir ainda com mais cuidado sobre o assunto, ainda que não veja com bons olhos a atual gestão do sindicato, sendo assumidamente oposição.

Agradecimentos

Tenho a agradecer profundamente a todos os colegas que hoje encamparam uma briga por minha pessoa, repudiando o atual vil. Agradecer as dezenas ligações e e-mails de apoio.

São tais atos que nos motivam a lutar contra a pequenez de espírito, a inveja, a vilania.

Um grande abraço a todos!