O Governo do Estado entrou com medida cautelar inominada contra o movimento paredista da Polícia Civil. A ação foi protocolada hoje e já foi distribuída para o Desembargador Oudivanil de Marins com o objetivo de declarar a greve ilegal, impondo multa diária aos entes sindicais.

O movimento que se efetivou desde segunda-feira, vem ganhando força face a patente indignação de grande parte dos policiais.

Vejam a movimentação do processo, do qual poderá sair decisão a qualquer momento:

Processo: 0010828-52.2012.822.0000
Classe: (538) Cautelar Inominada
Órgão Julgador: 1ª Câmara Especial
Área: Civel
Destino dos autos: Remetido a 1ª Câmara Especial
Segredo de Justiça: Não
Baixado: Não
Distribuição em: 22/11/2012
Tipo de distribuição: Sorteio
Relator: Relator: Des. Oudivanil de Marins
Revisor:

Adicionar este Processo ao Push

Mostrar os últimos 4 partes
Mostrar os últimos 1 assuntos
 Partes e advogados

 Parte Tipo Participação Segredo de Justiça Advogado(s)
 Sindepro – Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado de Rondônia Requerido Não
 Sindicato dos Peritos Criminalísticos do Estado de Rondônia – SINPEC Requerido Não
 Movimentos do Processo

5 Registro encontrados, mostrado 5 registro, de 1 a 5. Pagina 1 / 1
 Data Descrição Localizador
 22/11/2012 Recebidos os Autos pelo Gabinete Aguardando providências
 22/11/2012 Conclusos ao(à) Relator(a)
Nesta data faço conclusos estes autos ao Des. Oudivanil de Marins – Relator.
Concluso
 22/11/2012 Recebidos os autos do Departamento de Distribuição Aguardando providência do departamento
 22/11/2012 Remetidos os autos da Distribuição ao 1º Departamento Judiciário Especial Aguardando providência do departamento
 22/11/2012 Distribuído por Sorteio