O Sindicado dos Policiais Civis dos Distrito Federal (Sinpol) foi notificado na manhã desta segunda-feira (12/11) sobre a decisão do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) que obriga a retoma dos trabalhos e serviços da Polícia Civil e a suspensão da greve, que já dura mais de dois meses.

Na sentença expedida na última sexta-feira (9), o desembargador aceitou o pedido do Ministério Público em que alegava o não cumprimento do sindicato com alguns serviços, como a antecipação de tutela, já notificada pela Justiça e outras atribuições. As delegacias deveriam registrar boletins de ocorrências, expedir carteiras de identidade, fazer vistorias de carros de outros estados, além de perícias de inquéritos.

Em 2012 foram registrados 20 mil ocorrências a menos do que o mesmo mês do ano passado por conta da baixa produtividade da categoria. Caso a decisão seja descumprida, o Sinpol pode pagar multa de R$ 100 mil reais.

Desde o recebimento da notificação, representantes dos policiais permanecem em reunião. O Correio tentou o contato com o Sinpol, mas até o momento não obteve resposta.

Fonte: Correio Braziliense