O governador Confúcio Moura (PMDB) reuniu a imprensa de Ariquemes em uma coletiva na manhã desta segunda-feira para explicar o motivo do caos financeiro no Estado. Ele disse que a queda do repasse transferido pelo Governo Federal esse ano somam mais de R$ 350 milhões.
Confúcio Moura atribui a defasagem à redução de IPI de automóveis e da chamada Linha Branca. “Estamos pisando nos freios, em todos os setores e pastas que compõe nosso Governo. Há cortes em diversas áreas entre elas passagens aéreas, salário do governador e do vice e ainda essa semana estarei em Brasília, onde cobraremos soluções para esse problema”, afirma o governador. Na coletiva á imprensa que aconteceu na Secretaria Executiva Regional de Ariquemes estiveram juntos os deputados Adelino Follador, (DEM), Lorival Amorim (PMN) e Saulo Moreira (PDT).
Os parlamentares foram objetivos e enfáticos. Adelino disse que os deputados que mais recebem emendas, são os que mais falam mal da administração do governador. Lorival Amorim afirmou que as informações que andam falando do governador e da Assembleia não passam de boato, “pois os poderes estão se unindo para fazerem mais e melhor para todos”. Já Saulo Moreira pediu ao governador que chame para si a responsabilidade de cuidar das escolas municipais.
O governador disse ainda que está buscando formas para manter ordem na casa e fazer mais e melhor elo estado e municípios.

Fonte: rondoniagora