O sistema de segurança pública nos EUA distribui com inteligência as funções. As polícias municipais, estaduais e as várias agências federais são organizadas de forma que o ingresso se dá como “oficial de polícia” ou “agente”, e a pessoa vai subindo mediante cursos e provas. Não há limite, a pessoa começa assim e vai até chefe de policia ou diretor-geral. As polícias se reeportam ao MP, que decide pela prisão ou não e pela denúncia ou não.

A carreira no FBI é baseada no conhecimento, os agentes entram formados e fazem um longo e exaustivo curso, do qual já saem experientes em técnicas e experientes no tiro. Vejam a reportagem: