Após o pedido pelo Estado de mais prazo par ao juízo, foi concedido a dilação de 30 dias para implemento do adicional noturno no percentual de 25% para os policiais civis.

O Estado alega a dificuldade pelo fato de ter que realizar cálculos individuais, mesmo já tendo ciência há dois anos da decisão definitiva.

Vejam o movimento do processo:

Processo: 0126772-80.2004.8.22.0001
Classe: (100105) Cumprimento de sentença
Data de Distribuicão: 17/08/2004
Vara: 2ª Vara da Fazenda Pública
Apensos: 0195499-91.2004.8.22.0001
Partes e advogados
Parte Tipo de participacão Advogado(s)
Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Rondônia SINSEPOL Exequente Hélio Vieira da Costa;
Zênia Luciana Cernov de Oliveira;
Estado de Rondônia Executado Terezinha de Jesus B. Lima;
Leri Antonio Souza e Silva;
Movimentos do processo
Data Descricão
02/08/2012 Lauda de Publicação enviada para Gráfica – 
02/08/2012 Despacho de Mero Expediente – Trata-se de cumprimento de sentença em face do Estado de Rondônia visando a implantação do adicional noturno à remuneração dos policias civis do Estado. Após a intimação do Secretário para dar cumprimento à decisão, o Secretário de Estado da Administração requer dilação do prazo para cumprimento do determinado através do Ofício n. 446/2012 expedido por este Juízo, sob alegação de que serão necessários efetuar cálculos individuais para cada um dos substituídos. Assim, considerando as justificativas apresentadas, DEFIRO a dilação de prazo por 30 (trinta) dias. Oficie-se ao Secretário dando ciência da decisão, consignando que, após o prazo, deve trazer as informações aos autos independente de intimação. Intimem-se. Cumpra-se. Porto Velho-RO, quarta-feira, 1 de agosto de 2012.Silvana Maria de Freitas Juíza de Direito
01/08/2012 Conclusos para Despacho – concluso