Hoje foi marcada a reunião com o Diretor Geral da Polícia Civil, Dr. Pedro Mancebo, acerca do projeto de lei do Governo para a revogação das leis que exigem nível superior do cargo de Escrivão de Polícia e Datiloscopista Policial.

Na reunião contou com a presença dos Escrivães Anselmo, Castro, Osvaldo e Clênio, além da minha pessoa. Na audiência foi disposto da indignação que o projeto de lei gerou no seio da classe da Polícia Civil.

Foi posto ainda a proposta de que ao invés de propor a revogação das leis assinaladas que se estendesse para todos os cargos, o que venho sempre propondo.

Dessa forma, se expôs ao Diretor Geral que a Polícia Civil hoje necessita ser de nível superior, a exemplo de outros Estados. Ressaltou-se que a valorização do servidor passa por um reconhecimento de uma qualificação mais elevada. Foi ainda colocado que revogação da lei apenas iria gerar grande descontentamento na Instituição; o que poderia desencadear numa greve por parte do Sindicato.

Na ocasião o Diretor Geral disse que apoia a iniciativa do nível superior e sugeriu uma reunião com o Secretário de Segurança, que deve nos receber amanhã.

No mais amanhã foi marcada pelo Escrivão Clênio uma reunião com o Presidente da Assembléia às 9 horas. Nesse ato é importante da presença de todos, a fim de demonstrarmos força junto a Assembléia.

Quanto as mensagens de lei a informação é que já estão na Comissão de Constituição e Justiça. Confiram o inteiro teor das leis: