Um robô policial entrará em fase de testes na Coreia do Sul para monitorar os presos em uma cadeia. A máquina utiliza câmeras 3D para detectar “comportamento anormal” e acionar um alarme que chama os policiais humanos se necessário, segundo informações da Reuters.

De acordo com a agência de notícias, a máquina não fará o trabalho sozinha, já que precisa de policiais humanos para lidar com os problemas da prisão.

No entanto, o robô pode patrulhar os corredores da cadeia sozinho, mas os policiais podem controlá-lo manualmente com um iPad. Há alto-falantes que permitem a comunicação com os preços.

Robô guarda de prisãoestá em fase de testes na Coreia do Sul (Foto: Reuters)
Robô guarda de prisão está em fase de testes na Coreia do Sul (Foto: Reuters)
Máquina usa câmera 3D para detectar comportamento anormal dos presos (Foto: Reuters)
Máquina usa câmera 3D para detectar comportamento anormal dos presos (Foto: Reuters)
Fonte: G1