Hoje cedo a notícia que corria nos corredores da Polícia Técnica era que o benefício da insalubridade não estaria mais na folha.

Segundo o que constava a determinação para a retirada já estava efetivada, não havendo portanto pagamento neste mês.

Houve então reunião em frente ao IML para tratar sobre o tema. A reunião contou com a representação dos Sindicatos. Foi decidido então que a ida na Sead, para tentar manter o benefício na folha.

Segundo as informações a insalubridade neste mês está garantida.

Talvez seja o tempo para reverter a situação na Justiça, já que o recurso interno, agravo regimental, será julgado no próximo mês. Fiquemos na torcida.

A mobilização teve efeitos concretos e vejo mais, que uma audiência com o Governador do Estado é necessária, a fim de pedir junto ao Governo a solução definitiva do problema. Fato que pode ser resolvido com uma simples lei específica, o que faria que a ação rescisória perdesse por total o objeto.

Aos amigo fica o grande abraço!