O traficante de armas russo Viktor Bout foi condenado a 25 anos de prisão por conspiração para a venda de armamento às guerrilhas antiamericanas na Colômbia. O “Mercador da morte”, como era conhecido, é acusado de vender armas a ditadores e grupos rebeldes nos mais sangrentos conflitos em todo o mundo. A decisão, proferida na quinta-feira (5/4), é da juíza federal de Nova York Shira Scheindlin. As informações são do site G1.

Bout, de 45 anos, inspirou o personagem protagonizado por Nicolas Cage no filme “O Senhor das Armas” (2005). Detido em Bangcoc, na Tailândia, em 2008 por uma operação da Agência Anti-Drogas dos Estados Unidos (DEA, na sigla em inglês) e extraditado aos EUA dois anos depois para enfrentar acusações, ele se declarou inocente.

De acordo com a juíza federal, “25 anos são suficientes” para os crimes cometidos por Bout. Já Bout disse que “jamais desejou matar alguém”. “Deus sabe a verdade. O tempo responderá por mim”, disse.

Fonte: Conjur